1977 a 1993


 

Nascido em 1918 em Rostock, no nordeste da Alemanha, Padre Paulo Teodoro Schroeder era de religião luterana, assim como sua família. Aos 08 anos de idade toda sua família se tornou católica, recebendo os Sacramentos e criando o hábito de rezar todos os dias.

 

Entre os estudos e as orações  já brincava de ser Padre e até celebrava missas entre os amigos. Em 1939, junto com seus pais e irmãos, vieram para o Brasil na fuga da opressão das perseguições de Hitler da Alemanha Nazista.

 

Aqui chegando, com apoio de um Bispo da diocese de Araçuaí, foi enviado para o seminário de Diamantina, onde estudou teologia e foi ordenado Sacerdote.

Foi enviado para cidade de Poté em maio de 1943, no Vale do Mucuri. Por lá, além do trabalho religioso, já despontava para os trabalhos sociais, tendo ajudado várias famílias. Criou o  Sindicato Rural, para lutar pelas necessidades dos trabalhadores e do Correio Rural, para manter o homem do campo informado. 

Foi lá em Poté, que Pe. Teodoro adotou João e Marisa como seus filhos, após a morte do sacristão Zeca. Foi lá também que conheceu o jovem Clemente, que se tornou seu sacristão, amigo e confidente.

Com o adoecimento do seu Pai, que foi transferido para um longo tratamento na Capital Mineira, depois de 25 anos de serviço em Poté, veio para Belo Horizonte. Em 1968 chegou com os filhos adotivos, a Srª Aurora que o ajudava a cuidar das crianças e se instalou aqui.

Foi enviado por dom João Resende Costa para auxiliar o Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Glória.

Com apoio e inventivo do Padre do Glória, Pe. Teodoro começou a organizar uma nova Paróquia, já que a Capela Santo Antônio estava pequena para o número de fieis. Naquela época ele já fazia um grande trabalho com as famílias próximas a Capela, principalmente o acompanhamento daquelas mais pobres.

Em 1974 demarcou a área onde seria construída nossa Paróquia e já reservou no espaço um local para as obras sociais. Ele também se preocupava com as questões urbanas, de saúde e incentivava a comunidade a lutar pelos seus direitos.

Fez a parceira com a Obra Kolping do Brasil, que instalou uma unidade em nossa Paróquia. Criou a quadra de Esportes para ser um ponto de lazer para os jovens da região. Firmou uma parceria com a Paróquia Santa Cruz em Durtmond, na Alemanha,  de onde vieram recursos, roupas para bazar e várias ajudas para nossa Paróquia.

Também criou o Sopão ou Sopa de Santo Antônio, em 1983, distribuindo alimento na hora do almoço. Criou a Creche Casa Nossa Alegria,  mantida pelo Grupo de Apoio à Criança Carente - GRUPAC.

Pe. Teodoro foi grande incentivador do Apostolado da Oração, tendo criando o grupo em 07 comunidades ao nosso redor. Além de funda as comunidades - Nossa Senhora Rainha da Paz, Nossa Senhora das Graças e São Geraldo.

 

Nas Bodas de Ouro do seu sacerdócio, teve a presença de dom Serafim como celebrante e depois comemorou oferecendo um grande almoço para as família carentes, dedicando o dia aos pobres.

Em 1993, tendo aposentado, trabalhou junto com Pe. Pedro Lucas em nossa comunidade. Com a saída de Pe. Pedro Lucas, voltou a assumir os trabalho na Paróquia até 1994, quando chegou Pe. Paulinho.

Ainda continuou como auxiliar em nossa comunidade, celebrando missas diárias às 07h e aos domingos às 06h30.

Em 24 de Agosto de 1977, Pe. Teodoro morreu no Hospital MaterDei, onde estava internado. O Velório aconteceu na Matriz, durante três dias. A Missa de Corpo presente foi celebrada por dom Roque Rabelo. Foi enterrado às 12h, do dia 26 de Agosto de 1977, no Cemitério do Bonfim, em BH.

No dia 30 de Agosto de 1977, dom Serafim Fernandes de Araújo celebrou a Missa de 7º dia na Matriz.

Pe. Paulo Teodoro Schroeder

Arquidiocese de Belo Horizonte | Paróquia Santo Antônio Vila Belém

Rua Sidônia, 185 - São Salvador | Belo Horizonte

(31) 3477-6031

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram