A oração no monte e a transfiguração!


Palavra de Deus: Mt 17,1-9

O que diz o Texto?

Seis dias antes, Jesus estava subindo para Jerusalém, decidido a enfrentar aqueles que tramam a sua morte. Perguntou a seus discípulos “quem dizem os homens que eu sou”?

Seis dias após esses fatos, Jesus sente a necessidade de estar a sós com o Pai e pede a Pedro, João e Tiago que o acompanhe ao monte para orar. Jesus quer pedir ao Pai força para ser fiel à sua vontade até o fim.

O que o texto diz pra mim?

  • Antes de iniciar sua vida pública, ao ser batizado no Jordão, seu coração se alegrou ao ouvir a voz do Pai : “Tu és meu filho amado, em ti está meu pleno agrado.”

  • Sentir-se amado pelo Pai foi fonte de coragem para Jesus realizar a sua missão.

  • DESSA VEZ, no monte da Transfiguração, a voz se dirigia a seus discípulos :’”Este é meu filho amado, nele está meu pleno agrado, escutai-o “

  • A força e a fonte de vida dos discípulos será sempre escutar e seguir a Palavra, que é o próprio Jesus.

A escuta da voz do Pai no mais profundo do nosso ser é o meio para transformar-nos e descobrir nossa verdadeira identidade de filhos (as) de Deus.

Quaresma é tempo para afinar nossos ouvidos e deixar que a Palavra de Deus toque e desperte forças desconhecidas do nosso interior.

O que o texto me faz dizer a Deus?

Senhor, quero vivenciar o silêncio, subir a Montanha, apurar a escuta interior para captar Tua voz . É no silêncio que Tua VOZ ressoa com mais intensidade. Amém.

Termine sua oração rezando o SALMO da liturgia deste 2º domingo: Salmo 32(33)


0 visualização

Arquidiocese de Belo Horizonte | Paróquia Santo Antônio Vila Belém

Rua Sidônia, 185 - São Salvador | Belo Horizonte

(31) 3477-6031