Buscar

Deus revela seus segredos aos humildes - 14º DTC


Palavra de Deus - Mateus 11,25-30

O que diz o texto?

O Evangelho deste domingo mostra um dos mais vivos exemplos de coração agradecido que podemos encontrar. Jesus, que acaba de passar por uma profunda experiência de rejeição por parte das cidades da Galileia, explode no canto que começa: “Eu te louvo Pai, porque escondestes estas coisas aos sábios e entendidos...” Os doutores que se creem suficientes, olhando não veem. A relação filial de Jesus com seu Pai, o Deus criador do universo é única.

O coração de Jesus é sustentado,, alimentado, irrigado pelo amor cuidadoso e providente do Pai: “Vinde a mim todos vós que estais cansados ... e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso.”

O coração se revela como imagem de amor, de humanidade. Identificamos as pessoas por seu bom coração

O que o texto diz para mim?

O que mais nos desumaniza é viver com o “coração fechado”, incapaz de amar e de crer. Quando nosso coração está “fechado”, em nossa vida não há mais compaixão e passamos a viver indiferentes à violência , injustiças, mentiras, que destroem a felicidade de tantas pessoas. Quando vivemos a partir do coração, escutamos com mais paciência, tocamos com ternura, misturamos nossa vida com a dos outros, realizamos projetos solidários... “A medida que o amor cresce em nós, a beleza também cresce, pois o amor é a beleza da alma.” (Santo Agostinho)

“De todos os movimentos da alma, sentido e afeição, o AMOR é o único com que pode a criatura, embora não condignamente, responder ao Criador e por sua vez, dar-lhe outro tanto”. (São Bernardo)

ORAÇÃO: Entoar um hino de louvor e gratidão, pelo amor em excesso que se revela no cotidiano da vida.

#CantinhodaPalavra

Arquidiocese de Belo Horizonte | Paróquia Santo Antônio Vila Belém

Rua Sidônia, 185 - São Salvador | Belo Horizonte

(31) 3477-6031

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram